Primeira edição do quarto vermelho por Andréa Alves

Vista-se de confiança e transborde a sua identidade, esse é nosso real propósito

por Maria Júlia Freitas

Por Andrea Alves

 

No dia 12 de novembro de 2023, foi realizado a primeira edição do Quarto Vermelho, projeto que idealizei e que cresceu dentro do meu coração em uma viagem que fiz esse ano. A partir desse momento ele foi sendo lapidado até se transformar nesse projeto lindo que entregamos no dia 12. O quarto vermelho tem como missão trazer um novo olhar para nós mulheres, seja você, casada, viúva ou solteira. É direcionado independente de classe social, status de relacionamento e estereótipos.

Desde que elaborei esse projeto minha vontade foi fazer algo exclusivo para que todas se sentissem à vontade em expor ideias, trocar experiências e o principal fazer um dia único e especial para todas nós. Como percebi que a dor que me assolou por muito tempo também era a dor de muitas outras mulheres decidi desenhar esse projeto ainda com mais carinho e dedicação, voltado para resgate de autoestima. Busquei profissionais direcionadas para me auxiliar como sexóloga, terapeuta da mulher, nutricionista, endocrinologista, entre outras profissionais incríveis na área da beleza e autoestima e juntas preparamos conteúdos ricos para dividir com todas as participantes do quarto vermelho!

 

Durante o evento abordamos assuntos como autoestima, autocuidado, autoconhecimento, sensualidade e sexualidade da mulher. No evento tivemos também um desfile, onde fiz questão de ser composto por mulheres de idades e estilos diferentes com o tema a “autoestima e a sensualidade através do vestir”. E elas brilharam de forma única, seus olhinhos brilhando, encorajaram toda nossa plateia de participantes.

 

 

Percebi que muitas mulheres têm dificuldades de tirar tempo de qualidade para si principalmente porque hoje vivemos rotinas mega desafiadoras, mulheres independentes de idade têm tido prática de auto sabotagem e comparação isso influencia em várias áreas da sua vida.

 

Uma das mais afetadas quando a autoestima está comprometida, é a vida sexual, por conta de muitos tabus quando se fala de sexualidade, muitas acabam se isolando e nem conseguem, sequer, ter uma conversa aberta com seu parceiro e nem buscar ajuda em um profissional, quando necessário.

 

Falamos com nossas participantes que elas podem e devem, se sentir sensuais e atraentes em qualquer faixa de idade cada uma dentro da sua individualidade e estilo próprio. Uma vez que sensualidade não tem nada a ver com vulgaridade e sim a forma que uma mulher se sente, se vê e se admira, e, que não existe nada de errado em uma mulher se sentir atraente e linda através do espelho e despertar a melhor sensação tanto nela como em seu parceiro.

 

Conversamos sobre diversos assuntos, sempre auxiliando todas as nossas participantes participarem de forma segura e agradável. Tivemos 60 mulheres presentes na primeira edição do quarto vermelho e poder ver todas com brilho no olhar e se sentindo perfeitas e únicas como elas são me traz a sensação de que meu dever e objetivo foram cumpridos.

 

Que venha a segunda edição!

Você pode gostar

Deixe um comentário