O Poder dos Arquétipos de Marca na Comunicação 

Como se destacar da concorrência criando uma marca autêntica através da sua essência.

por Maria Júlia Freitas

Por Thais Maciel

 

Você já se perguntou como algumas marcas conseguem conquistar o coração e a mente dos consumidores enquanto outras lutam para se destacar? O segredo está em um Posicionamento bem definido e uma comunicação assertiva com a audiência. 

No mundo do marketing, a similaridade costumava ser a chave para atrair o público. Mas hoje, estamos descobrindo que é na diferença que reside o verdadeiro poder de conexão. É nos arquétipos de marca que encontramos essa essência única que nos atrai, nos inspira e nos diferencia da multidão. 

Os arquétipos de marca são padrões universais de comportamento que estão enraizados no inconsciente coletivo das pessoas. Eles representam ideais, características e valores que ressoam profundamente com diferentes segmentos do público. Desde o herói corajoso até o sábio confiável, cada arquétipo possui uma personalidade única que pode ser aproveitada para criar uma conexão emocional com os consumidores. 

Mas você deve estar se perguntando como exatamente os arquétipos de marca podem transformar o posicionamento de uma marca pessoal ou coorporativa? A resposta está na capacidade desses arquétipos de evocar emoções, contar histórias envolventes e criar uma identidade distintiva que ressoe com o público-alvo. 

 

Tenha uma Identidade Forte através do Arquétipos de Marca: 

Os arquétipos constroem sua identidade na mente da sua audiência e ajudam a definir quem você é como marca e o que representa. Marcas como Coca-Cola, que utilizam o arquétipo do Inocente, personificam a felicidade e a celebração, que gera emoções positivas em seus consumidores, criando uma identidade que vai além do produto. 

Utilize a poderosa ferramenta do  Storytelling de maneira autêntica e cativante: 

Cada arquétipo tem sua própria maneira de se comunicar, uma narrativa única. A Land Rover, utiliza o arquétipo do explorador e conta histórias de aventura e descoberta, cativando os consumidores com a promessa de uma vida emocionante e cheia de aventuras. Já a Volvo utiliza do Arquétipo do Cuidador, e toda a sua comunicação é baseada nos cuidados e segurança com a sua família.

Se diferencie da Concorrência: 

Destacar-se da concorrência é essencial nos dias de hoje, principalmente no mundo digital. Quando você utiliza os Arquétipos de Marca na sua comunicação, a fonte de inspiração passa a ser você. Quanto mais você releva a sua essência, e aqui eu destaco que Arquétipo não se escolhe, se revela, mais você vai se diferenciar. Já diria Brian Chesky, ceo do AIRBNB: “ Construa algo que 100 pessoas amem, e não algo que 1 milhão de pessoas gostem.” 

Nos anos 90, todas as marcas de sabonete utilizavam o Arquétipo da Amante em sua comunicação, com mulheres lindas na banheira, o foco era a beleza da Mulher. E aí chegou a Dove, utilizando os Arquétipos de Marca com intencionalidade, e criou toda a sua comunicação nos Arquétipos Cuidadora e Inocente. Porque para a marca não fazia sentido utilizar a Amanta na linguagem, mesmo que todos fizessem igual. 

    

Existem 12 Arquétipos de Marca que representam as 12 personalidades humanas que mais marcaram a nossa evolução e que alimentam as nossas motivações emocionais. Em cada um de nós existem um pouco dos 12, porém 3 se sobressaem. Quando você alinha os seus 3 Arquétipos dominantes na comunicação da sua marca, seja ela pessoal ou coorporativa, você cria uma marca autêntica e única, com um posicionamento estratégico, que alcança pessoas que vão se identificar com você e se tornar fãs da sua marca. 

Lembre-se, não basta ser boa, é preciso parecer ser também! Sua autoridade primeiro é vista, para depois ser ouvida. Ter uma identidade que defina quem você é, que atraia o público certo, vai fazer com que você deixe de ser mais uma, e se torne a primeira vir a mente do seu cliente quando pensar no seu produto ou serviço. Cuide da comunicação da sua marca, ela chega primeiro sempre. 

 

 

 

Você pode gostar

Deixe um comentário