Intuição feminina e o sexto sentido no marketing

Ferramenta poderosa para estimular a criatividade, o propósito e o "ir além" na busca dos melhores resultados para os nossos clientes.

por Maria Júlia Freitas

Por Elis Satomi

Ao longo dos mais de 24 anos de experiência na área da comunicação e marketing, tenho encontrado profissionais de diversos tipos e altamente qualificados, com características muito diferentes, seja na formação cultural e acadêmica, idade, raça, credo, gênero, relacionamentos, ambiente onde vivem e outros fatores que nos distinguem como seres humanos. Essas diferenças enriquecem todos os trabalhos desenvolvidos em conjunto, com essa grande diversidade.

Tenho notado que o gênero feminino tem se destacado ainda mais neste sentido devido à sua característica mais intuitiva e à sua ligação direta com a energia primordial da criação, geração de filhos e perpetuação da espécie. Mesmo quando o nome que se destaca em alguns trabalhos é do gênero masculino, parece cliché, mas acreditem: “Por trás de um grande homem, há sempre uma grande mulher!”.

Neste artigo, quero compartilhar algumas reflexões sobre o papel do homem e da mulher na sociedade e na ciência, sem pretender impor uma visão única ou definitiva sobre o assunto. Apenas quero reconhecer que cada pessoa tem o seu valor e as suas particularidades, que podem se somar e se enriquecer mutuamente.

No meu trabalho de conclusão do curso de pós-graduação em Acupuntura, explorei o tema “Acupuntura e energia quântica: chave para um novo despertar científico”. Entre os vários aspectos abordados, propus a reflexão de que, se Deus, em toda a sua sabedoria, nos criou num planeta com 8,04 bilhões de pessoas, cada uma com o seu DNA diferente, isso significa que somos seres únicos e que temos a oportunidade de nos desenvolver e aprender uns com os outros ao longo da nossa vida, não sendo apenas um produto do acaso. Se analisarmos apenas a nossa constituição humana, chegaremos à mesma conclusão de que somos seres únicos. Isso ocorre porque ninguém tem um DNA igual ao nosso, e não é justo sermos tratados de maneira padronizada, como frequentemente ocorre em muitos setores, como saúde, educação, cultura, entre outros.

Minha experiência no MBA em Marketing, que, infelizmente, não pude concluir, foi muito enriquecedora para entender como os cinco sentidos (visão, olfato, paladar, audição e tato) são fundamentais para o desenvolvimento de uma boa campanha publicitária. No entanto, penso que existe um sexto sentido que também deve ser levado em conta, relacionado à intuição, inspiração e criatividade, características muito valorizadas, especialmente no universo feminino, mas que também podem ser encontradas em alguns homens de sucesso na área da publicidade.

Outro ponto importante a considerar é o que podemos aprender com os contos de fadas antigos, nos quais sempre existe uma “fada madrinha” que concede aos seus protegidos valores e virtudes, de acordo com o merecimento de cada um. Alguns exemplos incluem a Bela Adormecida, que, por ter um coração puro, justo e bondoso, é libertada do seu sono eterno, quebrando o feitiço da bruxa por um ato de amor; o conto de Pinóquio, que também nos traz uma lição, onde, depois de ter recebido orelhas de asno por se deixar enganar por suas próprias vaidades e ilusões, ele se arrepende e conquista a condição de “ser humano” de verdade; a Mulher Maravilha, que também é abençoada com um laço contra as forças do mal, entre tantos outros exemplos que podemos citar e analisar com profundidade, todos esses ensinamentos que nos fazem acreditar que o “Bem sempre vence no final”, mesmo quando as forças obscuras tentam prejudicar.

Assim, acredito que, como publicitários ou profissionais da área de comunicação e marketing, temos a missão de nos comportar como “fadas madrinhas” de nossos clientes, potencializando suas virtudes por meio da comunicação criativa, intuição e inspirações diferenciadas nas campanhas publicitárias que criamos, com o intuito de gerar lucro, emprego e renda para nossos contratantes. A intuição feminina é uma habilidade que permite perceber e antecipar as necessidades, desejos e emoções dos consumidores, sendo um diferencial que pode ser usado para criar estratégias de marketing mais eficientes, inovadoras e humanizadas. O sexto sentido do marketing é a capacidade de se conectar com o propósito da marca e transmiti-lo de forma autêntica e cativante. É ir além do óbvio e do esperado, buscando surpreender e encantar os clientes. Essas são ferramentas poderosas para despertar a criatividade, o propósito e o “ir além” na busca dos melhores resultados para os nossos clientes.

Você pode gostar

3 comentários

Rita Souza 7 de outubro de 2023 - 14:12

Excelente matéria. Visão moderna e sensível sem a usual fragilidade. Somos fortes. Podemos tudo..Enfrentamos o que for necessário com sutileza e percepção aguçada.Parabéns Elis. Falou tudo.

Responder
Paola 13 de outubro de 2023 - 20:42

Excelente texto, muito reflexivo e despertador. Parabéns Elis!

Responder
Douglas 20 de outubro de 2023 - 11:56

Parabéns pelo Artigo, Elis.

Responder

Deixe um comentário